avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Petinha-das-árvores
Anthus trivialis
O espectacular voo nupcial em “pára-quedas” constitui, sem dúvida, a faceta mais interessante da petinha-
das-árvores.
Abundância e calendário
Como nidificante, a petinha-das-árvores tem uma distribuição
restrita ao extremo norte do país, onde pode ser localmente comum
nos andares superiores das serras. Durante a passagem
migratória, pode ocorrer em qualquer zona do país, sendo
particularmente frequente junto à faixa costeira, embora raramente
surja em números elevados. Esta petinha é estival e pode ser vista
em Portugal entre finais de Março e princípios de Outubro.
Onde observar

As terras altas no norte são o local ideal para observar esta petinha.

Entre Douro e Minhopode ser observada nas zonas mais elevadas da serra da Peneda.

Trás-os-Montestem uma distribuição ampla e pode ser observada nas principais serras da região: Gerês, Larouco,
Alvão, Coroa e Montesinho.

Lisboa e vale do Tejoobserva-se durante a passagem migratória no cabo Espichel e no estuário do Tejo.

Algarverelativamente comum durante a passagem migratória, pode ser vista com regularidade na ria de Alvor e no
cabo de São Vicente.
Sabe quando chegam as primeiras
petinhas-das-árvores?
Veja as datas
aqui
Identificação
Do mesmo tamanho que a petinha-dos-prados, à qual se
assemelha nos padrões de plumagem e no tom rosado das patas.
Distingue-se sobretudo pelos tons mais amarelados e menos
esverdeados, bem como nas vocalizações e no seu hábito de
pousar em pontos altos, como árvores ou fios telefónicos (embora
a
petinha-dos-prados o faça ocasionalmente). O calendário de
ocorrência também é útil, já que a
petinha-dos-prados é invernante
e a petinha-das-árvores é estival, mas há alguma sobreposição
nas épocas de migração.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites
.
Clique na seta para ouvir o canto da petinha-das árvores!
..
...
Identificação
de petinhas


AAs petinhas são
um grupo de difícil
identificação, uma
vez que as diversas
espécies são
bastante parecidas
entre si.

Nesta apresentação
indicamos alguns dos
critérios mais
importantes para a
identificação de cada
espécie.