avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados.
Borrelho-grande-de-coleira
Charadrius hiaticula
Identificação
Os adultos em plumagem de Verão são fáceis de identificar pela coleira preta no
peito e pelas patas cor-de-laranja. Os juvenis e os adultos em plumagem de
Inverno apresentam a coleira incompleta, mas mais espessa que a do
borrelho-de-coleira-interrompida. Distingue-se do borrelho-pequeno-de-coleira pela
risca alar (visível em voo), pela ausência de anel ocular amarelo, pelas patas
alaranjadas e pela vocalização (que consiste num chamamento dissilábico
ascendente).

Abundância e calendário
É uma das limícolas mais comuns nos estuários portugueses. No nosso país
ocorrem indivíduos invernantes e também migradores de passagem, havendo
grande variação do número de indivíduos de mês para mês, mas a espécie pode ser
vista durante quase todo o ano (sendo contudo muito escassa de meados de Maio
a meados de Julho). Os habitats onde é mais frequente são os estuários e as
salinas.
Os borrelhos têm uma forma peculiar de se movimentar: dão alguns passos e
depois ficam estáticos, como que fitando o observador.
Onde observar

Fácil de observar em qualquer zonas húmidas costeiras, especialmente nas que
se encontram sujeitas à influência das marés.

Entre Douro e Minhopode ser visto regularmente no estuário do
Minho, no estuário do Lima e no estuário do Cávado.

Litoral centroa ria de Aveiro, o estuário do Mondego e a lagoa de
Óbidos são três bons locais para ver este borrelho. Por vezes observam-
se pequenos bandos na zona de São Martinho do Porto.

Lisboa e Vale do Tejomuito abundante no estuário do Tejo, podendo
ser visto com facilidade no sítio das Hortas, no Parque do Tejo, no sapal
de Corroios e nas salinas de Alverca. Por vezes também se observa, em
números reduzidos, na costa do Estoril.

Alentejoo estuário do Sado é o principal local de ocorrência na região,
sendo também aquele onde a espécie pode ser vista mais facilmente;
também pode ser visto no estuário do Mira e na lagoa de Santo André;
esporadicamente observa-se no interior, em albufeiras.

Algarvea presença deste borrelho é regular em diversas zonas
húmidas costeiras da região, nomeadamente na ria de Alvor, no paul de
Lagos, nas salinas de Odiáxere, no estuário do Arade, na ria Formosa,
nas salinas de Santa Luzia e no sapal de Castro Marim.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites
.
Identificação
de borrelhos

Em Portugal
podem ser vistas
regularmente
quatro espécies
de borrelhos,
embora uma delas
seja muito
escassa.

Para ficar a
conhecer melhor as
várias espécies de
borrelhos, clique
na seta ao lado e
veja a nossa
apresentação!
..
Estatuto de conservação em Portugal:

Pouco preocupante