avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Quebra-ossos
Gypaetus barbatus
Identificação
Enorme, com asas longas e causa longa, cuneiforme. Os adultos têm o corpo amarelado, contrastando com
as asas escuras, enquanto que os juvenis são totalmente escuros, com tons entre o cinzento e o castanho.

esta espécie pertence à
categoria B
Situação em Portugal Continental
A única observação que se conhece em Portugal envolvendo indivíduos genuinamente selvagens remonta
ao século XIX e diz respeito a duas aves abatidas pelo Rei D. Carlos I, no Rio Guadiana, em Junho de 1888.
Os dois exemplares abatidos encontram-se actualmente no Museu de Coimbra.
Imagens dos dois exemplares de quebra-ossos abatidos pelo rei D. Carlos e que estão conservados no museu de Coimbra.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites
Mais recentemente, em 2011, foi registada a presença desta espécie em três ocasiões distintas, em
diferentes locais da Beira Interior e do nordeste transmontano. Estes registos envolveram aves libertadas
em Espanha, no âmbito de um programa de reintrodução que está a decorrer nesse país.

Em Maio de 2015, uma outra ave proveniente do mesmo programa de reprodução sobrevoou território
nacional nos distritos de Coimbra, Guarda e Viseu.

Para mais informações acerca destas ocorrências recentes, por favor consulte o
Forum Aves.
..
...
Quebra-ossos

Depois de mais de
cem anos de
ausência, voltou
aos céus de
Portugal.

Para saber mais
sobre esta
grandiosa ave,
clique na seta ao
lado!

Ver Gypaetus barbatus num mapa maior
Mapa dos registos de Gypaetus barbatus em Portugal Continental
Na actualidadeeste enorme abutre distribui-se pelas zonas montanhosas do centro e do sul da Europa.
Os locais mais próximo de ocorrência desta espécie situam-se nos Pirenéus e nalgumas serras do sul de
Espanha (Cazorla, Segura e Las Villas) - nestas últimas foi reintroduzido em anos recentes.