avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Felosa-malhada
Locustella naevia
Embora ocorra todos os anos em Portugal durante as suas migrações, a felosa-malhada é uma das
espécies mais difíceis de observar no campo.
Identificação
A felosa-malhada não é difícil de identificar se for observada em boas condições. A plumagem é castanha e
esverdeada, apresentando o dorso levemente riscado, sendo esta a principal característica que permite
distingui-la das outras felosas. O seu canto, que faz lembrar um insecto, ajudará a detectar esta espécie,
mas raramente se faz ouvir em Portugal.

Abundância e calendário
A felosa-malhada não é rara, mas devido aos seus hábitos secretivos passa facilmente despercebida,
escondendo-se entre a vegetação. A maioria dos registos envolveu aves capturadas em redes de anilhagem
Onde observar

Dada a dificuldade em observar esta felosa no campo, a melhor forma de tomar contacto com esta ave é através de sessões
de anilhagem.

Litoral centrotem sido registada com regularidade nos pauis do Baixo Mondego.

Lisboa e Vale do Tejoa espécie já foi detectada no estuário do Tejo e, mais raramente, na serra da Arrábida.

Alentejo o estuário do Sado e a lagoa de Santo André são dois locais onde esta felosa ocorre com regularidade.

Algarvea ria de Alvor é o local com maior número de registos, o que resulta do esforço de anilhagem realizado nesse
local.
Sabe quando chegam
as primeiras felosas-malhadas?
Veja as datas
aqui
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites
(conforme ilustrado nas fotos acima). Podem ser identificados dois
períodos principais de ocorrência: na passagem de Primavera
(Março-Abril) em que a espécie parece ser rara mas pode, por
vezes, ser ouvida a cantar; e na passagem outonal (meados de
Agosto a meados de Outubro) em que é mais numerosa mas
muito mais difícil de detectar. Ocorre sobretudo, mas não
exclusivamente, em zonas com vegetação aquática emergente,
como caniçais e formações semelhantes.
.
Clique na seta para ouvir o canto da felosa-malhada!