avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Chapim-de-poupa
Lophophanes cristatus *
A pequena poupa torna este chapim especialmente gracioso.
Identificação
Ao contrário dos outros membros da sua família, o
chapim-de-poupa apresenta a plumagem predominantemente
castanha e branca. A face é branca, com uma risca preta e o mento
também é preto. Os adultos identificam-se facilmente pela
pequena poupa que têm no alto da cabeça. Esta poupa pode faltar
nos juvenis.
Onde observar

Os grandes pinhais são, à partida, locais favoráveis para observar este chapim.

Entre Douro e Minho – pode ser visto na serra da Peneda, na parte ocidental da serra do Gerês, no Corno de Bico, na
veiga de São Simão, nos pinhais de Ofir junto ao estuário do Cávado e ainda na Mata do Camarido junto ao estuário do
Minho.

Trás-os-Montes – as serras do Gerês, do Larouco, do Alvão e da Coroa e a região de Miranda do Douro são locais
favoráveis à observação do chapim-de-poupa.

Litoral centro – os pinhais de São Jacinto, de Mira e de Leiriao dois bons locais para procurar esta espécie.

Beira interior – é frequente na serra da Estrela e na região do Sabugal. Observa-se igualmente na serra da Gardunha,
nos pinhais que envolvem a albufeira de Vilar e junto à albufeira da Marateca. Também é frequente na zona do Pinhal
Interior Sul.

Lisboa e vale do Tejo – a serra de Sintra, a serra da Arrábida e a zona de Pancas (no estuário do Tejo) são os locais
mais favoráveis à observação deste chapim, que também ocorre nos pinhais da lagoa de Albufeira, no castelo de
Sesimbra, na zona de Corroios e na Mata da Machada.

Alentejo – o estuário do Sado é um dos melhores locais para observar esta espécie na região; o chapim-de-poupa
pode também ser visto na serra de São Mamede, na região de Montargil e na zona de Barrancos.

Algarve – observa-se mais facilmente no interior da região, nomeadamente nas serras do Espinhaço de Cão, de
Monchique e do Caldeirão; junto à costa é mais escasso, e ocorre sobretudo no Algarve Central, onde pode por vezes
ser visto nas manchas de pinheiro-manso, nomeadamente na Quinta do Lago, na lagoa do Garrão e na foz do
Almargem. Localmente ocorre ainda junto à costa ocidental, no planalto do Rogil.
Abundância e calendário
Distribui-se de norte a sul do país. Contrariamente aos seus
congéneres, parece evitar as zonas densamente povoadas, sendo
por isso raramente observado em parques urbanos. Os seus
habitats de eleição são os pinhais e, em menor grau, os sobreirais
e outras formações florestais. O chapim-de-poupa é residente e
pode ser observado durante todo o ano.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites
.
Clique na seta para ouvir as vocalizações do chapim-de-poupa!
* - Nota taxonómica - em muitos guias de campo esta espécie surge com o nome Parus cristatus. A alteração de género para
Lophophanes decorre das recomendações emitidas pela AERC e que estão disponíveis para consulta aqui. É de referir que nem
todas as autoridades consideram esta alteração de nome.
..
...
Identificação
de chapins


O que são chapins?

Quantas espécies
há em Portugal?

Como se distinguem
as várias espécies?

Clique na seta ao
lado e descubra
as respostas!