avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados.
Íbis-preta
Plegadis falcinellus
Identificação
Inconfundível, pela forma curvada e longa do bico, e pelo tom uniformemente
castanho-escuro. Por vezes, conseguem-se observar os reflexos esverdeados
nas asas dos adultos. Ave de dimensão média-grande, pode desaparecer
facilmente por entre a vegetação nos locais onde se alimenta, possuindo um
pescoço comprido como se fosse o prolongamento do bico longo e encurvado
para baixo. As patas compridas e escuras permitem-lhe caminhar sobre a
vegetação e na água.
Esta é uma ave de aspecto exótico, com reflexos esverdeados nas asas que, nas
condições de luz ideais, produz imagens inesquecíveis. A observação de bandos
desta ave, em voo sobre os arrozais, é um espectáculo a não perder.
Onde observar

Observa-se sobretudo em arrozais, e zonas alagadas com vegetação aquática,
onde se destaca pelas tonalidades.

Entre Douro e Minho - rara nesta região, foi observada recentemente
no estuário do Cávado.

Litoral centro conhecem-se alguns registos recentes do baixo
Mondego e também na zona de Salreu.

Lisboa e Vale do Tejo espécie regular e relativamente fácil de
encontrar no estuário do Tejo e no vizinho paul da Barroca. Nidificou no
Escaroupim no ano de 2005 e novamente em 2012.

Alentejo o estuário do Sado é um dos melhores locais para observar a
íbis-preta, que também ocorre, mas em menores números, na lagoa de
Santo André, na lagoa de Melides e na lagoa dos Patos.

Algarveobserva-se ocasionalmente nas zonas húmidas costeiras do
Algarve central, particularmente em Vilamoura, na lagoa das Dunas
Douradas, na Quinta do Lago, no Ludo e na lagoa dos Salgados.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites
Estatuto de conservação em Portugal:

Regionalmente extinto
Abundância e calendário
Espécie presente no nosso país durante o ano
todo, sendo mais abundante nos meses de Inverno,
entre Setembro e Março. Como nidificante, apenas
são conhecidas duas tentativas recentes de
reprodução, ambas no vale do Tejo. Pode formar
bandos de algumas centenas de aves, embora o
mais comum é encontrarem-se aglomerados de
algumas dezenas, tratando-se de uma espécie
pouco comum e de distribuição muito localizada.