avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Pardela-preta
Puffinus griseus
A facilidade e a graciosidade do voo desta ave marinha não deixam nenhum observador indiferente.
Onde observar

Também no caso da pardela-preta a sua observação fica facilitada em saídas pelágicas. Esta é
uma espécie que facilmente é atraída por embarcações de pesca.

Litoral centro durante a passagem outonal já foi detectada em passagem frente ao
cabo Carvoeiro e na travessia Peniche-Berlengas.

Lisboa e Vale do Tejoregular frente ao cabo Raso, pode também ser observada em
passagem em frente ao cabo Espichel.

Algarveos locais com maior número de observações são o cabo de São Vicente e a
ponta da Atalaia, perto de Aljezur. Também existem registos frente à ponta da Piedade.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites
Identificação
Ave marinha semelhante às restantes pardelas na forma, distinguindo-se pelo padrão uniformemente
castanho-escuro, apenas com manchas brancas largas na parte inferior das asas. É de maiores
dimensões que a
pardela-balear, embora mais pequena que uma cagarra, plana sobre as ondas com
imensa facilidade, com muito poucos batimentos de asas.

Abundância e calendário
Podem ocorrer alguns picos de passagem entre final de Agosto e Outubro, mas no geral trata-se uma
espécie rara e pouco frequentemente observável a partir da costa. Em viagens pelágicas, a sua observação
durante a passagem migratória ocorre mais frequentemente que a partir de terra, ocorrendo normalmente
em pequenos números. Apenas alguns indivíduos permanecem ao largo da costa portuguesa fora do
período mencionado.