avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Cabo Espichel
É um importante promontório situado perto de Sesimbra que forma a
extremidade sudoeste da Península de Setúbal. Este local agreste,
com poucas árvores e exposto ao vento marítimo, é pouco rico em
termos de aves nidificantes mas adquire particular importância
durante a migração. É também bom para a observação de aves
marinhas.
Visita:
Após a locadade de Azóia, e cerca de 1 km antes de chegar ao santuário, podem ver-se do lado direito
algumas casas arruinadas e um troço de um velho aqueduto. Vale a pena prospectar estas construções,
pois o
mocho-galego pousa frequentemente sobre as mesmas. Os campos do lado esquerdo da estrada
têm bandos de
lavercas, cotovias-de-poupa e os fios eléctricos são pouso habitual de peneireiros-vulgares
e de bandos de estorninhos. Durante a migraçao outonal, é frequente encontrar aqui o chasco-cinzento.
Ao chegar ao fim da estrada, mesmo antes do santuário, repare num pequeno “jardim” do lado direito da
estrada, envolto por um muro. Este local é um refúgio de migradores no Outono. Já aqui foram observadas
algumas raridades, como por exemplo a
felosa-bilistada. Em Novembro ocorre o dom-fafe. O santuário de
Nossa Senhora do Cabo, hoje abandonado, é pouco interessante para a observação de aves, sendo o
pardal-comum a espécie dominante, mas a cotovia-de-poupa pode ser vista habitualmente nos terrenos
circundantes.
A estrada de terra que conduz ao farol passa junto a alguns cabos eléctricos, onde frequentemente pousam
bandos de
estorninhos-pretos, aos quais no Outono se juntam o estorninho-malhado e, ocasionalmente, o
raro
estorninho-rosado. Também a perdiz e a escrevedeira-de-garganta-preta são frequentes neste local.
Passado o farol, pode descer-se até ao Cabo propriamente dito, onde é possível fazer observação de aves
marinhas, sendo frequente observar aqui a
cagarra, a gaivota-argêntea e o corvo-marinho-de-crista. Neste
local ocorrem regularmente o
rabirruivo-preto, o melro-azul e, no Inverno, a ferreirinha-alpina. O falcão-
peregrino pode ser visto com regularidade a fazer os seus voos de caça e o andorinhão-real, que nidifica
nas zonas mais inacessíveis da costa escarpada, pode ser visto a sobrevoar este local na Primavera e no
Verão.
Melhor época: Março a Abril / Setembro a Novembro

Distrito: Setúbal
Concelho: Sesimbra
Onde fica: na Península de Setúbal, 30 km a sul de Lisboa e 30 km a oeste de Setúbal. A partir de Lisboa,
toma-se a A2 até ao Fogueteiro, depois a N378 até Santana e por fim a N379 durante 12 km até ao Cabo
Espichel. Passada a localidade de Azóia, entra-se na zona mais interessante para a observação de aves.


Caso pretenda conhecer outros locais para observar aves nesta região, sugerimos:
O cabo Espichel
é uma
ZPE (Zona
de Protecçao
Especial para a
Avifauna)
.

Para saber mais
clique
aqui.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites
O promontório do cabo Espichel é frequentado pelo melro-azul e pelo falcão-peregrino
Os terrenos abertos à esquerda da estrada são frequentados por petinhas, cotovias e tarambolas-douradas.