avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Parque da Cidade
Póvoa de Varzim
O Parque da cidade da Póvoa de Varzim foi inaugurado em 30 de Junho
de 2009,tem uma área de 30 hectares, e é um parque urbano público.
Tem um lago com dois hectares com uma ilha central, inacessível a
visitantes, com 130 metros de comprimento por 20 metros de largura
com uma linha de árvores expressiva rodeada por vários rochedos que
emergem á superfície do lago. Constituem o resto do parque longas
zonas verdes e árvores num total de 1600 de 26 espécies diferentes.

O número de registos de espécies tem vindo a aumentar nos últimos
anos.
Melhor época: Setembro a Março

Distrito: Porto
Concelho: Póvoa de Varzim
Onde fica: Para quem vem do Porto ou de Viana do Castelo pela A28 sair na placa Póvoa de Varzim, depois
seguir até encontrar a 1ª rotunda (hipermercado Continente) sair na 1ª à direita, depois voltar a sair na 1ª à
direita seguir em frente durante 200 metros e chegada ao parque, com estacionamento mesmo á entrada
do parque.

Caso pretenda conhecer outros locais para observar aves nesta região, sugerimos:
Ribeiro que abastece o lago, onde podemos encontrar a carriça, cartaxo-comum e o rabirruivo-preto.
Zona parcial do lago. Aqui poderemos encontrar espécies como o guarda-rios, galinha-de-água, rouxinol,bravo.
Visita:
Entrando pelo lado sul do parque deparamo-nos com uma zona verde extensa com árvores ainda
pequenas, neste local começamos por ver grandes bandos de petinhas-dos-prados e pintarroxos.
Continuando a caminhar pelo lado sul do parque encontraremos uns pinheiros, onde poderemos ver os
chapins,
verdilhões e chamariz.

Chegando a zona nascente encontramos um telheiro numa zona verde e com algumas árvores, ai
poderemos ver o estorninho malhado, estorninho-preto e o melro, se descermos de encontro ao lago
veremos também
galinha-d'água, guarda-rios, pica-pau-verde, felosa-musical e rouxinol-bravo.

Mais à frente junto ao ribeiro que abastece o lago, poderá também encontrar junto á vegetação o
rabirruivo-preto, o papa-moscas-preto, papa-moscas-cinzento, estes dois últimos espécies migrantes, a
pega-rabuda e o torcicolo (ocasional).

Entrando pelo lado norte, viramos para o lado esquerdo e junto ao ribeiro encontraremos o
tordo-comum,
pintassilgo, alvéola-branca. Continuando a caminha em direcção a nascente ver a andorinha-das-chaminés,
cartaxo-comum, cartaxo-nortenho e alvéola-amarela (estes dois últimos migrantes).

Na parte nascente do parque existe um eucaliptal onde podemos ver o
bútio-comum, peneireiro-comum,
poupa. Mais a frente existe um monte extenso com uma altura considerável onde temos uma vista
privilegiada do parque, assim como do seu lago, no qual poderemos encontrar a
garça-real,
garça-branca-pequena, corvo-marinho-de-faces-brancas, mergulhão-pequeno, pato-real,
andorinha-das-barreiras.

Descendo o monte e caminhando em direcção a poente concluiremos a nossa vista.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites