avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Salinas de Santa Luzia (Tavira)
Percorrer estes locais significa percorrer um dos mais bem conservados
complexos salineiros do país, o que implica uma riqueza em termos de
avifauna bastante interessante.
Visita: Toda a zona pode ser percorrida a pé, sendo esta a forma aconselhada, quer a partir de uma ou outra
localidade. É necessário ter em conta que a zona possui uma intensa actividade extractiva, pelo que nem
todas as áreas são acessíveis. Todo o complexo é um intrincado de tanques e cômoros, com alguns
percursos que podem ser efectuados sem pôr em causa a tranquilidade para as aves. Existem também
algumas estradas que permitem um acesso mais rápido, como é o caso da ligação entre Tavira e o cais de
embarque para a Ilha de Tavira, que atravessa um conjunto de tanques salineiros onde ocorre o
garajau-grande, o pernilongo, o perna-vermelha-comum, o borrelho-de-coleira-interrompida, e, nas zonas
mais próximas de sapal, o
colhereiro é frequente. Mais próximo de Santa Luzia, ocorre a gaivota de Audouin,
num complexo de salinas privado, pelo que é sempre necessária autorização para circular no interior, assim
como usar de toda a discrição em prol da não perturbação das aves. Acede-se a esta zona a partir de uma
estradão entre Tavira e Santa Luzia que penetra pela zona de ria, e onde existe a indicação da Sopursal, a
proprietária das instalações. Em toda a zona é comum o
flamingo, o alfaiate e o pilrito-pequeno, entre outras
espécies de aves aquáticas, e, no Inverno, a
tarambola-cinzenta também é comum.
Ocasionalmente observa-se a rara
gaivota-de-bico-fino.


Melhor época: Durante todo o ano, podendo ser potencialmente menos interessante durante o mês de
Julho e inicio de Agosto.

Distrito: Faro
Concelho: Tavira
Onde fica: Este complexo situa-se entre o rio Gilão, que banha a cidade de Tavira, e a localidade de Santa
Luzia, imediatamente a sudoeste desta cidade e abarcando a área compreendida entre estas localidades e
os canais da Ria Formosa que separam as ilhas barreira de Tavira. A partir da N125, pode-se aceder tanto a
partir do desvio para Santa Luzia, como tendo a cidade de Tavira como base.


Caso pretenda conhecer outros locais para observar aves nesta região, sugerimos:
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites