avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Albufeira de Santa Maria de Aguiar
Esta albufeira, situada em terras de Riba Coa, é um dos melhores
locais da Beira Alta para observar aves aquáticas. Adicionalmente,
nas zonas envolventes também é possível encontrar um bom leque
de aves de terrestres, desde as grandes aves planadoras aos
pequenos passeriformes, o que faz desta zona uma das mais ricas
da região em termos avifaunísticos.
Visita:
Tal como acontece na maioria das grandes barragens, o
paredão é o local mais acessível e que permite
obter uma boa perspectiva sobre a albufeira e a zona envolvente. O
mergulhão-de-crista é uma presença
incontornável neste local e geralmente vêem-se alguns casais a partir deste local.

Para sul, uma pequena estrada não asfaltada percorre a orla da albufeira ao longo de cerca de 700 metros
e permite observar alguns recantos desta zona húmida. Para além do já mencionado
mergulhão-de-crista,
é possível observar outras aves aquáticas, como o
corvo-marinho-de-faces-brancas, o pato-real e a
garça-real. Vale a pena ir observando os céus, que aqui são frequentemente cruzados por grandes aves de
rapina, como o
grifo, a águia-cobreira ou a águia-calçada, ao passo que o milhafre-preto é mais
frequentemente visto a voar baixo sobre as águas da albufeira, assim como diversas espécies de
andorinhas. Ao longo das margens, observam-se por vezes algumas limícolas, sendo a espécie mais
frequente o
maçarico-das-rochas.

Imediatamente a jusante do paredão existe um pequeno caniçal que é frequentado pelo
rouxinol-bravo e
onde na Primavera é habitual observar-se o
rouxinol-grande-dos-caniços e a felosa-poliglota.

Saindo do paredão para oeste, na direcção de Figueira de Castelo Rodrigo, a estrada desce e cruza por
estreita
ponte a ribeira de Aguiar (notar o ninho de cegonha-branca num freixo do lado direito).

No cruzamento seguinte vira-se à esquerda na direcção da Vermiosa. A estrada segue ao longo de alguns
lameiros. Aqui podem ver-se diversos passeriformes, como a
pega-azul e a tordoveia.
Melhor época: todo o ano

Distrito: Guarda
Concelho: Figueira de Castelo Rodrigo
Onde fica: no extremo nordeste da Beira Alta, cerca de 50 km a nordeste da Guarda e 30 km a norte da vila
fronteiriça de Vilar Formoso. O acesso é feito pela A25 (que liga Aveiro a Vilar Formoso), saindo no nó de
Leomil, e seguindo depois pela N324 e pela N340 por Almeida e depois por Vermiosa.


Caso pretenda conhecer outros locais para observar aves nesta região, sugerimos:
A partir da margem leste obtém-se uma boa perspectiva sobre a albufeira
A jusante do paredão existe um pequeno caniçal, onde ja foi observado o rouxinol-grande-dos-caniços
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites
Novidade!

Guia Prático de
Observação de Aves
no Distrito da Guarda

obtenha gratuitamente aqui