avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados.
Garajau-grande
Hydroprogne caspia
Eis uma grande andorinha-do-mar, com um vistoso bico avermelhado. Sem dúvida
uma espécie que capta desde logo a atenção.
Onde observar

Esta espécie encontra-se restringida ao litoral sul algarvio e ao estuário do
Sado.

Lisboa e vale do Tejo - o garajau-grande já foi avistado no estuário do
Tejo, sendo a sua presença nesta região relativamente rara.

Alentejo - inverna regularmente um pequeno núcleo no estuário do
Sado, sendo no entanto escasso. Existem também registos na lagoa de
Santo André e na albufeira do Alqueva.

Algarve trata-se da melhor região para a observação desta espécie,
pois a quase totalidade dos efectivos inverna nesta área. Em quase todas
as zonas húmidas pode ser observada, sendo os melhores locais a
reserva de Castro Marim, as salinas de Santa Luzia e de Tavira, o Ludo e
a lagoa dos Salgados. Mais para oeste é menos frequente, mas aparece
regularmente no estuário do Arade e na ria de Alvor.
Identificação
Espécie de fácil identificação pelo seu grande tamanho, corpo claro com pontas das
asas escuras, bico grande e avermelhado em forma de punhal, e barrete escuro, até
à testa.
Do tamanho de uma gaivota, é a maior andorinha-do-mar do mundo. Os juvenis
possuem um bico alaranjado, igualmente robusto como os adultos.

Abundância e calendário
Espécie pouco comum no nosso território, estando a sua localização concentrada
sobretudo nos meses de Inverno. Esta espécie encontra-se no nosso território,
entre a segunda metade de Agosto e os finais de Março. Crescem no entanto, os
registos perto destes extremos temporais, podendo encontrar-se indivíduos não
reprodutores até Maio, e mesmo nos meses de Verão todos.
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites
* - Nota taxonómica - em muitos guias de campo esta espécie surge com o nome
Sterna caspia. A alteração de género para Hydroprogne decorre das recomendações
emitidas pelo IOC e que estão disponíveis para consulta
aqui. É de referir que nem
todas as autoridades consideram esta alteração de nome.
Estatuto de conservação em Portugal:

Em perigo