avesdeportugal.info
© avesdeportugal.info - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por CiberAjuda.com
Albufeira da Teja
Um pouco a norte de Trancoso, esta albufeira caracteriza-se por ter uma
mancha considerável de vegetação emergente (tabua) na sua extremidade
sul, assim como por ter margens pouco declivosas. As zonas envolventes
são constituídas sobretudo por pinhal e carvalhal. Já aqui foram
observadas diversas espécies interessantes.
Visita:
A margem ocidental da albufeira é a mais acessível, havendo duas estradas diferentes que se aproximam
da margem. A aldeia de Terrenho, junto à N229-1 está convenientemente situada para servir de ponto de
início de visita.

Logo a sua desta localidade existe uma estrada que se aproxima do plano de água e depois continua para
norte até ao paredão. Esta estrada não tem saída e por isso e geralmente pouco transitada, o que propicia
alguma tranquilidade para realizar observaçao de aves. Ao longo desta estrada é possível fazer paragens
para ir observando a barragem e procurar aves aquáticas (nomeadamente patos, mergulhões e garças), ao
passo que do lado esquerdo da estrada também é possível encontrar algumas aves terrestres.

A zona do
paredão é habitualmente frequentada pela andorinha-das-rochas, pelas alvéolas branca e
cinzenta e pela escrevedeira-de-garganta-preta.

O outro local de interesse é a extremidade sul, onde existe uma interessante mancha de tabua. Esta zona e
servida por uma pequena estrada que sai da N229-1 (um pouco a sul da anterior) e conduz a uma pequena
ponte sobre a albufeira. A partir daqui e possível prospectar a zona envolvente. Na tabua tem sido
observado o
frango-d'água, espécie rara na Beira Interior. Outras espécies aquáticas que aqui ocorrem
incluem o maçarico-das-rochas e o guarda-rios. A vegetaçao ripícola é frequentada por diversos
passeriformes, especialmente insectívoros (com destaque para a
felosa-ibérica). A partir da ponte também
vale a pena olhar para norte, a fim de procurar outras aves sobre o plano de água da albufeira.
Melhor época: todo o ano

Distrito: Guarda
Concelho: Trancoso
Onde fica: na Beira Alta, cerca de 40 km a norte da Guarda e a 10 km a norte de Trancoso. A partir de Viseu
ou da Guarda, o melhor acesso é feito pela A25 até ao nó de Sobral (perto de Celorico da Beira), depois pelo
IP2 até Trancoso, seguidamente pela N226 e pela N229-1 até Terrenho.


Caso pretenda conhecer outros locais para observar aves nesta região, sugerimos:
Aspecto da extremidade meridional da albufeira da Teja, sendo visíveis as manchas de vegetaçao emergente
Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Lista completa
das aves do
distrito da
Guarda

Clique
aqui